Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

iPhil

iPhil

Odisseando

13.10.14

Odisseando

"O meu nome é Rafaela. Sou uma tradutora portuguesa, apaixonada pela vida de freelancing e pelo conceito de coworking." Ou a pessoa com o espírito nómada, que todos nós gostávamos de ter.

 

Há algum tempo atrás o meu caro amigo Jorge, falava-me recorrentemente de um projecto que estava prestes a ser iniciado pela sua amiga, Rafaela Mota Lemos e que era tão somente, um sonho antigo de cada um de nós e que a Rafaela acabaria por concretizar dentro de pouco tempo.

 

Não sei precisar quando tivemos essas conversas sobre o projecto da Rafaela... mas fiquei com o bichinho de saber um pouco mais. O tempo passou e quis o destino que a Rafaela já tivesse passado por Lisboa (naturalmente), Milão e Rio de Janeiro. Quis o destino que os mundos da Rafa e do iPhil colidissem nos últimos dias, pouco depois da Rafaela chegar a Nova Iorque ou a New York City, como eu gosto de dizer.

 

Odisseando | New York City

 

 

Neste universo digitalizado, acabei por reparar que amigos comuns tinham feito Like e comentado uma foto e um texto já publicado a partir de NYC. Foi o clique que eu precisava para conhecer finalmente o projecto "Odisseando".

 

"Home is where I am"

 

A Rafaela é tradutora, é apaixonada pela vida de freelancing e pelo conceito de coworking. Na realidade, o projecto tem como premissa "Home is where I am" e surge da necessidade da Rafaela colocar um desafio a ela mesma e de viver em cidades em que sempre desejou viver, como Milão, Rio de Janeiro, Nova Iorque, Nápoles, Luanda e Telavive.

 

Eventualmente, mais cidades podem ser acrescentadas a esta lista. São 3 meses em cada uma, com o objectivo de se tornar numa local, mantendo uma rotina de trabalho e de vida social, como qualquer pessoa, passando rapidamente de turista a residente e local.

 

Considerando-se uma "nómada digital" (adoro a expressão) que se desafiou a viver durante dois anos pelo mundo fora, seria impossível não partilhar a sua experiência nas plataformas em que nos habituámos a partilhar as nossas experiências e emoções, como os blogs ou as redes sociais, seja através de texto, fotografia ou vídeo (e pareceu-me ser a pessoa ideal para experimentar os mais diversos formatos).

 

Odisseando

 

Pelo Twitter, pelo Facebook, pelo Instagram, pelo Tumblr ou através do Blog, não deixem de acompanhar as aventuras da Rafaela pelo mundo e nos próximos meses, pela "minha cidade"... New York City e futuramente por Nápoles, Luanda e Telavive.

Projectos e Ideias: O Fado no Povo

24.02.14
Projectos e Ideias: O Fado no Povo

 

Esta semana, voltamos à música, com o projecto "Discos do Povo", um retrato sonoro das noites de Fado, vividas no Povo no Cais do Sodré no Povo.

 

Para quem não conhece, o Povo situa-se na zona do Cais do Sodré, por baixo da Pensão Amor, bem no centro de uma das zonas mais "quentes" da noite de Lisboa.

 

Para além de se apresentar como um restaurante/bar que recupera o conceito de tasca portuguesa, adaptando-o a um contexto mais urbano, juntando a comida tradicional portuguesa (especialmente, os petiscos) a um conjunto de actividades culturais.

 

Uma dessas iniciativas é O Fado no Povo. Através de fadistas residentes, o Povo convida jovens fadistas a explorarem e desenvolverem o seu repertório. Ao longo de dois meses, estes jovens interagem com músicos experientes vindos dos mais diversos universos musicais, ao mesmo tempo que são introduzidos aos temas e poemas que compõem a vertente mais tradicional do Fado.

 

Infelizmente, nunca tive oportunidade de passar por uma casa tradicional de Fado, em Alfama, por exemplo. O mais próximo e de passagem, foi a Tasca do Chico, no Bairro Alto. O mais próximo de algo do género, foi mesmo o Povo, onde é possível ouvir estes novos talentos do Fado às terças, quartas, quintas e domingo. De resto, o domingo é uma excelente noite. Grande parte dos espaços fecham ao domingo e uma passagem no Povo aos domingos, torna-se quase obrigatório.

 

No sábado, tive oportunidade de assistir, no Museu do Fado à apresentação da nova compilação de Fados, onde não posso deixar de destacar as experiências musicais, que trazem para o mundo do Fado, músicas como "Quizas" ou "La vie en rose" ou até mesmo o "Acho inúteis as palavras", um fado menor do Porto, acompanhado a violoncelo.

 

Para quem quiser ouvir...estas e outras músicas, do Fado que passa no Povo, basta fazê-lo no Spotify.

 


Link para o Spotify

 

Se quiserem descobrir mais sobre o Povo, passem pelo povolisboa.com ou façam Like no seu Facebook.

Projectos e Ideias: Scooter Solution

17.02.14
Projectos e Ideias: Scooter Solution

 

E continuamos nas duas rodas, para vos apresentar um projecto que descobri há uns meses e agora, por causa do meu interesse, passou a constar novamente no meu radar. Estou a falar da "Scooter Solution".

 

A "Scooter Solution" começou com a ideia de 2 jovens com um gosto muito particular por scooters, que vai desde o seu design, passando pela economia, até ao prazer de disfrutar da scooter.

 

A ideia começou a desenvolver-se em 2007, depois de uma viagem a Itália, ficaram fascinados com a quantidade destes pequenos veículos, que tanto interesse gerou nos últimos anos em Portugal.

 

O projecto começou com o Scooter Advertising, mas faltava alguma coisa para complementar e foi nessa altura que surgiu o serviço de aluguer, assim ficou mais fácil desenvolver todo um conceito, o "Scooter Solution", que consiste em publicidade, eventos, passeios e aluguer de scooters.

 

A ideia por detrás do projecto é ajudar o desenvolvimento de Portugal, incutindo uma nova mentalidade, a "scooter amiga do homem".

 

Infelizmente, a Escola de Scooter já não existe. De qualquer forma, após o contacto com a "Scooter Solution", para quem estiver interessado, pode recorrer à Escola de Pilotagem da Honda.

 

Para mais informações sobre este projecto, passem pelo site oficial em scootersolution.com.pt ou façam Like no Facebook.

Projectos e Ideias: Rubim - Incursões

10.02.14
Projectos e Ideias: Rubim - Incursões

 

Após um grande período de afastamento do mundo da música, Rubim tomou a decisão de avançar para estúdio com o músico e produtor Paulo Filipe Carvalho, depois de uma passagem profissional numa actividade completamente diferente.

 

Juntos, fizeram despertar composições originais que se encontravam há anos adormecidas na memória volátil de um teclado digital.

 

No trabalho “Incursões”, a par com os teclados do compositor, encontramos valorizando e reforçando o lado português da sonoridade global, a guitarra portuguesa e o cavaquinho de Paulo Soares, o acordeão de Pedro Santos e de Pedro Cunha e as percussões tradicionais tocadas por Tiago Soares, Acácio Salero e Paulo Coelho de Castro. Marcam ainda presença, o baixo acústico e o baixo elétrico de Paulo Filipe, o contrabaixo de Sara Ribeiro, o violoncelo de Jed Barahal, a trompa de Ricardo Matosinhos, a níquel harpa de Sérgio Calisto e a voz de Rui Rodrigues nos coros.

 

O registo vocal é feminino e ficou a cargo de Ana Celeste Ferreira, Sílvia Guerner e da cantora galega Uxía conferindo diversidade e cor a um trabalho por si só já variado nas abordagens. “Incursões” é constituído por temas instrumentais e por temas cantados exclusivamente em português, cujas melodias e letras evocam épocas passadas, lendas, festas populares, passagens oníricas, e que refletem também sobre o tempo presente e sobre a forma como atualmente se “vive”. “… as influências são múltiplas e encontram-se heterogeneamente dispersas pelo trabalho, embora conscientemente não consiga especificar alguma em particular. Creio que se pode falar de música portuguesa moderna”.

 


Link do Vídeo

 

Teatro Ibérico

 

Na passada quinta-feira, tive oportunidade de assistir à apresentação deste trabalho, no Teatro Ibérico, um espaço fabuloso que ainda não tinha tido oportunidade de conhecer.

 

O "Incursões" pode ser adquirido na Fnac ou em formato digital, através do Google Play. Passem também pelo site oficial ou façam Like no Facebook, para acompanharem este novo projecto.

 

Nota: Fiquei fã da música que marcou a abertura do espectáculo..."Capítulo I" e "A lenda do Cervo"...uma clara evocação à lenda de Vila Nova de Cerveira, onde não vou há demasiado tempo. :(

Projectos e Ideias: 28 Minutos e 7 Segundos de Vida

03.02.14
Projectos e Ideias: 28 Minutos e 7 Segundos de Vida

 

Sim...vou voltar a falar do Manuel Forjaz...porque estaria longe de imaginar que estaria para começar na TVI24, o extraordinário "28 Minutos e 7 Segundos de Vida".

 

A ideia destes posts de 2ª feira, seria destacar todo o tipo de projectos, mais ou menos conhecidos e estaria longe de pensar em destacar um programa de televisão.

 

Quando ouvi falar do "28 Minutos e 7 Segundos de Vida", julgava que seria um programa de entrevistas, liderado pelo José Alberto Carvalho (outro grande profissional da comunicação) e o programa de estreia teria a presença do Manuel Forjaz. O momento e o contexto era o mais indicado.

 

No entanto, descobri pelas partilhas nas redes sociais que andava por aí, o vídeo do primeiro programa e melhor do que isso...rapidamente percebi que o programa contará com a presença permanente do José Alberto Carvalho e do Manuel Forjaz.

 

O primeiro programa foi dedicado ao "Sentido da Vida" e foi inevitável não tocar na questão do cancro e estou na expectativa para ver os próximos programas.

 

O programa será semanal, transmitido às quartas-feiras, às 23h. Em cada semana... um tema: com ideias, vídeos, ferramentas para refletir e aproveitar cada aspecto da nossa vida. Cada momento. Cada gesto, sentimento ou afeição. Ou cada falhanço.

 

Eu fiquei viciado...e vocês?

Projectos e Ideias: NEXX

27.01.14
Projectos e Ideias: NEXX

 

Neste caso, gostaria de falar de uma marca que comecei a reparar, por causa da minha demanda por uma scooter. Para minha surpresa, até era uma marca portuguesa...falo-vos da NEXX.

 

Como é sabido, ando em busca de uma scooter e natural que acabe por consultar o que existe no universo de acessórios disponíveis, especialmente capacetes, luvas e casacos. Rapidamente saltou à vista, um conjunto de capacetes, especialmente por causa do seu design e materiais usados. A marca era a NEXX ou NEXX Helmets. Como outras marcas que existem em Portugal, estava muito longe de imaginar que estava perante uma empresa portuguesa, até porque já tinha visto os capacetes NEXX nos principais sites de venda de equipamento do género.

 

A Nexxpro, Lda foi criada em 2001 na Anadia, mais concretamente em Amoreira da Gândara. A NEXX produz todos os tipos de capacetes e distinguiu-se por terem sido os primeiros a introduzir capacetes revestidos a jeans, bem como outros estilos, na sua linha de produtos. Todos os capacetes NEXX são desenhados e fabricados na fábrica em Portugal, para venda e distribuição mundial e são já são uma marca de referência.

 


Link do Vídeo

 

Para saberem mais sobre esta empresa portuguesa, passem pelo nexx-helmets.com, façam Like no Facebook ou Follow no Twitter.

 

Projectos e Ideias: doSEMENTE

20.01.14
doSemente

 

Se eu vos falar da Patrícia Simões, o mais certo é associarem ao projecto neoFOFO, que anda nas bocas do mundo...mas há outro projecto, eventualmente mais importante que importa conhecer...

 

Estou a falar do doSEMENTE, que podem descobrir em doSEMENTE.com, projecto que levou a Patrícia Simões a comercializar Granola, que é produzida de forma caseira e o mais natural e saudável possível.

 

Mais uma vez, como só pretendo destacar este projecto, prefiro pegar nas palavras da criadora do mesmo, para explicar o que é Granola:

 

"É uma mistura crocante de cereais com frutos secos e algumas sementes, tipo muesli, só que tostados no forno com mel."

 

O doSEMENTE dedica-se à comercialização de quatro sabores diferentes de granola artesanal: granola de mirtilos, granola de mirtilos e chocolate, granola de avelãs e a mais recente, granola de figos e amêndoas. Para além disso, os produtos doSemente não têm adição de açúcar, apenas mel vindo directamente da Serra de Portel, na zona de Évora.

 

Querem um projecto mais "Made in Portugal" do que este?

 

Para mais informações, não deixem de passar pelo doSEMENTE.com e pelo respectivo Facebook em facebook.com/doSEMENTE.

Projectos e Ideias: Hikari

13.01.14
Projectos e Ideias: Hikari

 

Pensar faz bem e a maneira como pensamos transforma as nossas possibilidades no mundo, mais do que possamos pensar. Este é uma das premissas da missão deste projecto, iniciado pelo meu caro amigo Jorge Amorim e partilhado pela Marisa Viegas.

 

Como prometido há uma semana, se possível, todas as semanas apresentarei um projecto, uma ideia ou novo conceito desenvolvido por portugueses, seja em Portugal ou no estrangeiro.

 

Começo pelo Hikari, um projecto que começou como "Ginásio Mental", o que dá uma indicação do que consiste este projecto, iniciado por Jorge Amorim e agora, partilhado pela Marisa Viegas.

 

Como o antigo nome aponta, o Hikari é uma espécie de ginásio para a mente, com projectos em desenvolvimento na Cova da Moura, cujo o objectivo é obter rendimento escolar dos alunos que fazem parte do "universo Hikari", mas também encontramos o outro extremo, em que existe acompanhamento de miúdos que pretendem ir mais longe e melhorar ainda mais o seu rendimento escolar.

 

O Hikari (eu sei que estão curiosos com o seu significado) apresenta-se em 3 vertentes: Hikari One, Hikari Health, Hikari Social

 

Como não sou um especialista em ciência cognitiva e na área, o que vos posso pedir é para seguir o Hikari no Facebook, porque o projecto vai muito para além que vos descrevi neste post.

 

"Mais do que pensa" é o claim deste projecto e Luz é o significado de "Hikari" (palavra japonesa).

 

Se quiserem conhecer algumas das ideias que o Jorge Amorim tem sobre a mente e a educação, não deixem de ver a apresentação do projecto, que ocorreu no final do mês de Outubro em 2013.

 


Link do Vídeo

Projectos e Ideias

06.01.14
Projectos e Ideias


Mudei o título deste post vários vezes...e já não era a primeira versão. Há vários meses que tenho a ideia mostrar alguns dos novos projectos que estão a ser desenvolvidos em Portugal. Como queria evitar expressões como Startups, Ideias Empreendedoras ou Movimento Empreendedor...fiquei-me simplesmente por "Projectos e Ideias".

 

Vivemos um período, que alguns apelidam de "revolução". E que revolução tem sido. Especialmente para pior. Não estamos, seguramente a viver no mesmo país que vivíamos em 2004, por exemplo. Foi "só" há 10 anos.

 

O que eu tenho verificado, olhando em meu redor são duas coisas:

 

- Os que partem à procura de novas oportunidades, no estrangeiro.

 

- Os que ficam e criam novos projectos e põem em prática novas ideias.

 

Nesta minha ideia, quero encaixar as duas realidades...as mais conhecidas, as menos conhecidas...desde que tenham na sua génese, o selo "Made in Portugal", mesmo que tenham sido obrigados a desenvolver a sua ideia, fora do seu país.

 

Deixo-vos também um desafio...se conhecerem projectos e ideias, de amigos ou projectos que conheçam, aproveitem os comentários, para deixar algumas sugestões. Teria muito gosto em destacar alguns projectos, se possível todas as semanas.