Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

iPhil

iPhil

Comic Con Portugal

06.02.14
Comic Con Portugal

 

A Comic Con é uma marca fortíssima no mercado norte-americano. Trata-se de uma convenção de cultura popular, com foco em temas como banda desenhada, anime, manga, jogos, cinema, cosplay e filmes. Em Dezembro chega a Portugal.

 

Foi com alguma surpresa que descobri hoje, através do Biovolts.com, que a Comic Con chegará a Portugal em Dezembro de 2014, mais concretamente nos dias 5, 6 e 7 de Dezembro na Exponor, em Matosinhos.

 

Em relação à realização deste tipo de eventos, fico sempre apreensivo quando são organizados em Portugal. A forma de estar dos portugueses está muito distante (acreditem...apesar a influência anglo-saxónica) da forma de estar dos norte-americanos, que são entusiastas com tudo o que tenha a ver com a "Cultura Pop".

 

Para além disso, estes eventos acabam por não ter continuidade, uma vez que, a organização dos primeiros eventos deixam muito a desejar e as expectativas acabam por não ser cumpridas.

 

Por isso, gostaria de ver finalmente, um evento destes a ter sucesso e espero que a marca "Comic Con" possa dar um forte contributo para que isso aconteça.

 

Para mais informações passem pelo Facebook da Comic Con Portugal ou estejam atentos ao comic-con-portugal.com.

Codebits 2012 - 3º Dia

18.11.12
Codebits 2012

 

Chegou finalmente ao fim, o Codebits 2012 e termina com algumas novidades para 2013. Mas já lá vamos. Antes disso, vamos perceber como correu o 3º dia do evento geek do ano.

 

No meu caso, o dia na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico começou com a apresentação do Basílio Vieira, "Use the Force...of the Civic Movement", no fundo uma espécie de Manual do Movimento Cívico, O que é, como usar e para que serve. Quem acompanha o blog, recordará o movimento associado à criação da Entrada Norte da Estação de Sta. Apolónia e a Marcha dos Atropelados que acabou por ser organizada e o Basílio foi o mentor do movimento e agora, todos sabemos como acabou e toda a experiência foi partilhada pelo Basílio Vieira no Main Stage do Codebits.

 

Codebits 2012 | Basílio Vieira


No fim, na fase de Q&A descobrimos que o bichinho ficou e do Mata-Tag é o projecto que se segue, criado por dois informáticos e uma advogada fartos da agressão visual com que as tags que destroem uma das mais belas cidades da Europa: Lisboa. O Mata-Tag.com tentará ajudar cada pessoa que o deseje a tornar a sua cidade mais bonita. Sem dúvida, um projecto para acompanhar no futuro.

 

Codebits 2012 | Workshop de Ovos Moles

 

Acabado de sair do Main Stage e descubro algo que me escapou do Calendário do Evento. Um Workshop de Ovos Moles no Stage C. Quem diria. Obviamente fiquei por ali até às 12h, quando o evento ia viver 2 momentos épicos. Espero rever o workshop completo para aprender a fazer Ovos Moles. Na altura, ainda tivemos oportunidade de comer alguns e tão bons que estavam...como sempre.

 

Mas dizia há pouco, que às 12h aconteceram dois momentos épicos. O primeiro foi a distribuição de máscaras do Celso Martinho por todos os participantes e  colocariam a máscara no momento em que começasse a música do Nyan Cat.

 

Codebits 2012

 

O segundo momento foi o Flashmob do Gangnam Style que decorreu no Main Stage e valia um badge "I'll do anything for a badge". Dois grupos de 25, fizeram questão de mostrar (ou não) o talento que tinham para dançar o Gangnam Style. Aqui ficam os vídeos que o comprovam e que estão disponíveis no Meo Kanal e pelo que fui informado, anda a passar nas lojas do Meo. É a chamada vergonha nacional, porque aqui o vosso amigo, participou nas duas.

 


Link do Vídeo

 


Link do Vídeo

 

Isto foram as duas versões gravadas pela produção do Codebits. Mas querem saber como foi estar lá em cima...vejam a versão feita pelo Mário Pires, com a sua GoPro.

 


Link do Vídeo

 

Depois da paródia, aproximava-se o momento em que os projectos seriam apresentados e votados. Foram submetidos cerca de 90 projectos (há sempre alguns que acabam por não ser apresentados). Vamos conhecer os vencedores.

 

Codebits 2012 | Apresentação dos Projectos

 

Prémios votados pelo júri:

- Crowd Sound (361)

- Fidelis (414)

- JAFFS (395)

- Mobcast (409)

Mobckups (378)


Prémios votados pelo público:

Konnect (403)

Memebits (372)

e-putty: plasticina para o século XXI (445)

Floppy Guitar (382)

Lost in the Maze (406)


Codebits 2012 | Zeinal Bava


O encerramento do Codebits 2012, contou ainda com a presença do CEO da PT, Zeinal Bava. Para além do habitual discurso, sempre inspirador, naquele português, muito peculiar, numa simpática mistura entre português, "brasileiro" e inglês, Zeinal Bava confirmou a realização da edição 2013 do Codebits, no Pavilhão Atlântico (qualquer dia, a arena é nossa) e não só. A edição de 2013 será feita no Brasil e eventualmente em simultâneo com a edição portuguesa e numa perspetiva de partilha de conhecimentos.

 

Em jeito de balanço, aqui ficam alguns números do Codebits 2012:

 

- 800 participantes

- 92 projetos inscritos

- 88 workshops e talks

- mais de 3.000 m2 de recinto (quando passamos mesmo para a arena do Pavilhão Atlântico?)

- perto de 4 mil participantes, em 6 anos 

 

A 6ª edição do SAPO Codebits chegou, assim, hoje ao fim com mais um sério contributo para a tecnologia em Portugal, tendo reunido em Lisboa uma comunidade de 800 programadores que aderiram ao concurso de 48 horas com muito entusiasmo, dedicação e sentido tecnológico.

 

Entre 15 e 17 de novembro, os 800 candidatos, para além da sua participação no concurso, puderam também assistir a 88 workshops e talks, conduzidos por personalidades conceituadas, vindas de diferentes países. Foi ainda possível apreciar algumas das soluções de tecnologia recentemente desenvolvidas pela Portugal Telecom e em articulação com diferentes parceiros tecnológicos, nomeadamente o MEO Kanal e o projeto “O Mundo numa rede – 25 anos de notícias da agência Lusa”, bem como outros projectos que tive oportunidade de destacar no blog e espero voltar a falar.

 

Organizado há 6 anos consecutivos, o SAPO Codebits consiste num evento de três dias orientado para programadores, entusiastas e empreendedores do mundo da Internet. Através de workshops, diversas atividades paralelas e o concurso de programação, propõe-se concentrar o talento emergente, no país e no Mundo, da área das novas tecnologias e Internet. Ao longo destas seis edições, o SAPO Codebits já recebeu perto de 4 mil participantes vindos de todo o mundo.

 

Codebits 2012

 

Termino este post com um agradecimento a todos os que participararam e organizaram o Codebits. Terá sido o melhor Codebits de sempre. Só tive oportunidade de participar em duas edições e sentido que houve claras melhorias entre a edição do ano passado para a edição de 2012. Estamos a falar de detalhes, mas que fizeram toda a diferença. Será interessante acompanhar o futuro do evento.

 

Deixo também uma palavra aos que participaram e partilharam o espaço comigo. Os que conhecia e revi...os que não conhecia e tive oportunidade de conhecer...os que conhecia apenas do Twitter e que tive oportunidade de conhecer. A todos, um enorme obrigado. Para o ano, espero vê-los novamente.

 

Quanto a talks, outros vídeos e o que ficou para lá do Codebits...vão estando atentos ao blog.

Codebits 2012 - 2º Dia

17.11.12
Codebits 2012

 

Estamos a chegar ao final do 2º dia do Codebits 2012 e já começo a sentir os efeitos da Junk Food e as poucas horas dormidas. Felizmente, não estou apertado com os timings associados ao desenvolvimento de projectos.

 

O início do dia, foi aproveitado para passar pelos stands dos parceiros do evento, para aumentar o conjunto de badges e conhecem algumas iniciativas dos parceiros. A saber:

 

- PT Inovação:

Ficamos a conhecer algumas das novidades da PT Inovação, na área da segurança e domótica da casa, os novos interfaces da Meo Box (Meo Kanal e Meo Videoclube).

 

- Microsoft Windows 8:

Neste stand, ficamos a conhecer o novo Windows 8, através de um Surface RT e através de um painel touch screen, que nos faz lembrar o Surface original.

 

- LEGO:

Um vício antigo que ainda está na "Dark Ages". Mas a vontade em regressar ao LEGO, mantém-se...sempre.

 

- NovaEmotions:

Uma tecnologia de reconhecimento facial, materializada num jogo em que 2 jogadores têm que replicar a emoção (tristeza, alegria, etc) que é apresentada no ecrã.

 

- Mundo numa Rede:

Iniciativa da PT com a Agência Lusa, para mostrar graficamente 25 anos de notícias, cujo interface permite-nos associar figuras e personalidades e qual a relação entre elas.

 

Codebits 2012

 

Depois do almoço promovido pela KFC, a parte da tarde ficou marcada pela talk do Miguel Gonçalves, da SparkAgency (autores da aplicação Zappeo) e sendo um orador marcado pela forma frontal como apresenta os seus argumentos, a apresentação ficou marcada pela polémica, na fase de Q&A. A discussão centrou-se na questão das horas e o esforço que damos aos nossos projectos e ao nosso trabalho e o retorno que não temos. Não sou um fã confesso do Miguel Gonçalves. Julgo que o seu entusiasmo é seu dúvida contangiante. E suas palavras duras e directas são necessárias. Mas, por vezes, a mensagem vem acompanhada de ruído e não passa. Julgo que terá sido o caso.

 

Codebits 2012

 

Claramente, o Miguel Gonçalves pretendia dizer que se tivermos oportunidade. Se a nossa vida o permitir, devemos dar tudo para perseguir os nossos sonhos. Não devemos ser derrotistas ou negativas. Não devemos parar. Devemos evitir os "inhos" que marca o discurso dos portugueses.

 

Para quem conhece o Miguel Gonçalves, terá uma ideia da discussão que foi gerada.

 

Codebits 2012

 

O final de tarde ficou marcada pelos Nuclear Tacos, que voltam a marcar presença, mas também pelo Nuclear Insanity Contest, que atribuiu ao momento, um lado mais competitivo, em que os participantes que chegassem à final, teriam que comer 3 Nuclear Tacos, um Nuclear Taco em 3 rondas, em que passava o mais rápido num máximo de 5 minutos.

 

Para quem não teve oportunidade de acompanhar, aqui fica o vídeo da final.

 


Link do Vídeo

 

Actualização: Entretanto, o Daniel Catalão disponibilizou um vídeo com o resumo do Nuclear Tacos Experience.

 


Link do Vídeo

 

Uma palavra ainda para o pessoal, que mais uma vez, veio animar o "floor" do Codebits. Esta ano, os Lobsters têm feito verdadeiros massacres num autêntico Nerf Madness e o Daniel Catalão, jornalista da RTP, foi uma das vítimas, como comprova o vídeo que se segue, documenta o dia 1 dos Lobsters, no Codebits 2012.

 


Link do Vídeo

 

Uma última nota para algo que tinha falado durante o dia de ontem e hoje, nem de propósito, apanhei os lobsters a brincar com um...e só tenho uma palavra em mente: QUERO. E com apenas uma palavra digo o que é: iHelicopter ou HELO TC (eu sei, não é uma palavra, mas foi uma dica dada pelo @nosuchuser, que confirmou o modelo que utilizaram).

 

 

Codebits 2012 - iHelicopter

Codebits 2012 - 1º Dia

15.11.12
Codebits 2012


Para já, o primeiro dia do Codebits ficou naturalmente marcado pela keynote de abertura, que teve como principais destaques, o lançamento versão Beta da CloudPT e pelas novidades no Meo Kanal.

 

Relativamente à CloudPT, todos os participantes têm oportunidade de testar em exclusivo, a versão Beta da CloudPT, que apresenta como ponto de partida, o armazenamento de 16GB. Mas as novidades não se ficam por aqui. Todos os participantes do Codebits ficam com acesso a 50GB para sempre. Nada mau.

 

CloudPT

 

Já foi possível testar a versão para iOS e Mac OS X. Nota-se perfeitamente, do que é um produto ainda em fase beta, mas também por isso é bom verificar que funciona de acordo com as expectativas e por comparação, muito semelhante ao Dropbox.

 

A keynote de abertura, também ficou marcada pela apresentação de alguns números do Meo Kanal, bem como a apresentação de novas funcionalidades e anúncio da abertura de uma API, o que vai permitir o desenvolvimento de aplicações para o Meo Kanal e para o ecossistema que começa a surgir.

 

Codebits - Meo Kanal

 

Ainda em relação ao Meo Kanal, foi anunciado o lançamento da aplicação para iPad do Meo Kanal, mais um passo para a saída do serviço da Meo Box.

 

Codebits 2012 - Hardware Den

 

Seguiu-se o evento, que trás algumas novidades, na sua agenda, nomeadamente toda a componente de workshops, que decorre no espaço Hardware Den, cujo o espaço é ainda marcado pela zona Arcade, Robots, Rasperry Pi e impressão 3D. Neste espaço podemos encontrar uma máquina antiga do Sega Rally, convertida em controladora de dois automóveis telecomandados. Ainda não tive oportunidade de experimentar, mas é uma experiência muito cool.

 

No meu caso, o dia vai perseguir com o Jantar do Aberto Até de Madrugada, seguido do Presentation Karaoke e apresentação em exclusivo do filme "Indie Game The Movie".

 


Link do Vídeo

 

Para terminar, uma última nota para algo que me deixou entusiasmado. Falo da nova framework gráfica disponibilizada pelo Sapo. Chama-se Ink e promete bastante.

 

Codebits - Ink

 

Falta 1 dia para o Codebits

14.11.12
Codebits VI

 

Estamos a menos de 24 horas para o início do Codebits 2012 e no meu caso, é dia de preparação.

 

Nesta altura estarão a questionar-se que raio de preparação é preciso fazer para um Codebits? Na realidade, alguma da preparação passa pela preparação mental para estar (eu e mais 800 participantes) durante 3 dias non-stop, enfiado na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico. Ainda faço alguma batota, porque vou dormir a casa...mas há quem não o faça e fique literalmente 3 dias fechados na Sala Tejo.

 

Para além da preparação mental, é preciso perceber que equipamento vou levar. No ano passado fui de MacBook, Nikon D90 e afins (iPhone, etc). Digamos que ia relativamente pesado para aquilo que precisava. Este ano, vou tentar ir bem mais leve, "apenas" com o MacBook Pro, a Kodak (para vídeo) e o iPhone 5. Sim...julgo que desta vez, o iPhone 5 poderá ser ainda mais fundamental, do que já tinha sido o iPhone 4, no ano passado e poderá fazer as vezes da Nikon D90 e eventualmente, "obrigar-me" a deixar a Kodak dentro da mochila.

 

Neste dia e ao contrário do que fiz o ano passado, quero olhar para as talks e workshops e confirmar e agendar efectivamente o que pretendo ver e assistir e desta vez, não quero falhar, ao contrário do que aconteceu no ano passado.

 

Depois, a outra parte da preparação passa pela alimentação. No ano passado, posso ter disfarçado bem, mas aquele primeiro hamburger, no primeiro almoço, rebentou comigo. Eu e os molhos do McDonalds, não somos compatíveis. Este ano, os parceiros são o BurgerKing, a KFC e a Pizza Hut. Veremos como vai correr...mas irei prevenido para algum descuído que possa ter. Pelo meio, vou participar no Jantar do Aberto até de Madrugada, do Carlos Martins e será logo no primeiro dia.

 

Até lá, fiquem com mais um vídeo making of do Codebits.

 


Link do Vídeo

Semana Codebits 2012

11.11.12
Codebits 2012



Sim, falta menos de uma semana para a realização do evento geek do ano: Codebits 2012.

 

Pessoalmente, será a minha 2ª participação no Codebits, um evento organizado pela PT e mais uma vez, vai juntar cerca de 800 participantes na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico entre os dias 15 e 17 de Novembro.

 

No evento é possível a assistir a diversas talks (espero conseguir optimizar o calendário para assistir a mais talks), participar em alguns workshops, elaborar um projecto no qual podem dedicar grande parte do tempo que passarem no espaço do Codebits e a aproveitar ao máximo a oportunidade de conviver com o pessoal que normalmente contactamos através das redes sociais.

 

No ano passado, fui um pouco ver como aquilo era por dentro. Tinha falhado as primeiras edições, mas não podia falhar a edição de 2011. São 3 longos dias, é verdade. Mas, acabei por falhar quase todas as talks que queria assistir e senti no final, que houve muito que ficou por fazer. A minha presença era sobretudo como blogger e julgo que ficou muito por escrever, filmar e fotografar. Espero, na edição deste ano, conseguir um melhor equilíbrio entre a presença como espectador e blogger, que fará alguma cobertura do evento.

 

Este ano, vou optar por concentrar os conteúdos que poderei publicar, neste blog e as fotos serão eventualmente publicadas nas habituais redes sociais e Fotos do Sapo.

 

E a comida?? É verdade...a comida. Um factor tão importante no Codebits. Este ano, os parceiros serão a Pizza Hut, Burger King e KFC. Portanto, já estão a imaginar o que poderá acontecer. Posso dizer que no ano passado, fiquei arrumado no primeiro almoço do primeiro dia. Eu sabia que aquele hamburguer ia correr mal. E correu. E depois há os Nuclear Tacos e tal como ano passado, deixo a coisa para os profissionais do picante. É mais divertido ver as reacções do pessoal no chamado "aftermath". Este ano, será realizada uma competição de Nuclear Tacos. Aos participantes...bom, nem sei o que lhe diga...caminho aberto para o WC? Uma palete de iogurtes?

 

Portanto, na próxima quinta-feira, lá nos encontraremos na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico bem cedo. Sim, porque ainda teremos os Badges.

 

Para terminar, uma última nota, para a cobertura do evento. Estejam naturalmente atentos ao blog aqui do vosso amigo, mas também ao Aberto até de Madrugada e claro, ao site oficial do Codebits.

PT | Technology and Innovation Conference

03.11.12
PT | Technology and Innovation Conference width=


Durante a semana passada, a Portugal Telecom, realizou na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico, a "Technology and Innovation Conference", sendo que, marquei presença no evento, na passada quarta-feira.


A “Technology and Innovation Conference” teve inicio no dia 29 de Outubro e durante vários dias reuniu em Lisboa um conjunto relevante de investidores, analistas financeiros e da indústria, parceiros e fornecedores que tiveram a oportunidade de conhecer e testar as soluções tecnologicamente mais avançadas dos diversos portfólios da PT. Estiveram, igualmente, presentes algumas das empresas que constituem o ecossistema de inovação onde a PT opera, bem como outras empresas inovadoras no contexto português, apresentando Portugal como um país orientado para a inovação e para o crescimento. Desde o inicio de Tech Day já passaram pela exposição cerca de 4 mil participantes entre, investidores, analistas, industria, clientes empresariais, agentes comerciais e alunos universitários.

 

E por causa desse sucesso, a PT vai prolongar a sua “Technology and Innovation Conference” até domingo, dia 4 de Novembro, sendo que nesse dia a área de exposição “Smart City PT” estará aberta ao público das 10h às 13h00 e das 14h00 às 17h00 e a entrada será gratuita. Os interessados em tecnologia e inovação, poderão descobrir todas as soluções PT concebidas para melhorar a vida das pessoas e a eficiência das empresas.

 

Mas, o que há a destacar deste evento é mesmo o anúncio do serviço cloudPT, que pretende colocar-se na frente, no que diz respeito a serviços de partilha de ficheiros com recurso à chamada "cloud".

 

Os mais conhecidos são naturalmente o iCloud da Apple (5GB), o Skydrive da Microsoft (7GB), o Drive do Google (5GB) e os independentes Dropbox (2GB) e SugarSync (5GB). Por isso, a PT quis ir mais além e passará a oferecer 16GB, tornando-se na melhor oferta.

 

cloudPT

 

Depois do buzz inicial do anúncio do CEO da PT, Zeinal Bava, surgiram todas as perguntas e por isso, tive oportunidade de testar a plataforma na "Smart City PT" com a Maria João Nogueira, conhecida virtualmente como Jonasnuts e será muito simples explicar como vai funcionar o cloudPT, uma vez que a forma de funcionamento não será muito diferente do Dropbox. A demonstração realizada pela Maria João é muito simples. Com recurso a um Galaxy Nexus, tirou-me uma foto que surgiu automaticamente no cliente Web do cloudPT através do browser do portátil utilizado na mesma demonstração. Portanto, os que normalmente trabalham com o Dropbox, terão uma ideia do que estou a falar. Adicionalmente, no futuro, estão previstas algumas funcionalidades que visam convergir com os serviços da PT e que em nada afectam as condições originais, uma vez que o cloudPT estará disponível para todos, não estando reservado exclusivamente aos clientes PT.

 

Para aqueles que pretendem "pôr as mãos" no cloudPT, será uma questão de passarem até amanhã na Sala Tejo do Pavilhão Atlântico.

 

 

Actualização: Esqueci-me de referir no post original, que o serviço cloudPT estará disponível a 10 de Dezembro e os participantes do Codebits, terão acesso à versão beta.


Balanço Evento Google House

25.10.12
Evento Google House



Como previsto, marquei presença no Evento Google House, realizado no Museu do Oriente. Como habitualmente, comecei a tweetar ao início do dia e começou a surgir uma pergunta curiosa...afinal, o que é o Google House?

 

 

O Pedro Rebelo, que também marcou presença teve uma resposta que resume bem o evento:

 

 

"É um evento realizado pelo Google (neste caso, pelo Google Portugal) reservado a Clientes, Partners ou Convidados em que são abordados diversos temas. Hoje o dia foi dedicado à TV, Multi-screen, Mobile, Social e as Exportações."

 

 

Evento Google House

 

 

No fundo, o Google "invade" um determinado espaço e converte-o por vários dias, como Google House, com vários pontos de interesse, apresentando zonas temáticas, que têm como objectivo promover alguns dos principais produtos do Google. Para além destes espaços, é preciso destacar o carrinho de gelados do Santini, que fazem sempre imenso sucesso e já tinham marcado presença no evento realizado em Maio, na Estação do Rossio.

 

 

Obviamente, que o espaço principal é o auditório, onde decorreu a conferência propriamente dita.

 

 

Evento Google House

 

 

Paulo Barreto, Country Manager do Google Portugal, iniciou o evento, fazendo uma pequena introdução do evento, passando rapidamente para o primeiro segmento do dia: TV.

 

 

A primeira parte deste segmento foi apresentado pelo Grégory Blay-Desforges, Video Analyst no Google França e mostrou-nos o estado do YouTube, começando por fazer um balanço do que foi feito nos últimos 7 anos, desde que foi criado, passando pela aquisição do Google e naturalmente, para onde caminha.

 

 


Link do Vídeo

 

 

Confessem...digam lá que não conheciam todos os vídeos? Vá...uma parte.

 

 

Mas afinal que caminho pretende seguir o YouTube? A resposta é relativamente simples. Claramente, o YouTube quer posicionar-se como um player importante no consumo de vídeo e ultrapassar a TV. Por isso, o Grégory Blay-Desforges falou da homepage do YouTube, algumas das suas funcionalidades e a importância que o "Subscribe" terá no futuro. Serão os "novos canais" de TV.

 

 

Evento Google House

 

 

Mas como o evento é dedicado a clientes e parners, obviamente que o Google tinha que vender o produto e apresentou alguns dados, que já conhecia. Que tipo de anúncios de vídeo resultam, com que duração (quanto mais curtos, mais eficazes) e uma campanha para TV+YouTube é mais eficaz que uma campanha só para TV ou só para YouTube.

 

 

Sim, falou-se de Brand Awareness, Product Launch, Direct Response, Reputation Management e Audience Engagement.

 

 


Link do Vídeo

 

 

Para conhecer mais sobre a estratégia do YouTube e as campanhas associadas ao YouTube, passem pelo YouTube.com/advertise.

 

 

No segmento que se seguiu, discutiu-se o paradigma do Multi-screen, com a presença de João Paulo Luz do Sapo/PT, de Miguel Silva da Reprise Media

Sandra Mota da Optimus e esteve em palco outro elemento da TVI, que não me recordo do nome, em substituição do Paulo Lourenço.

 

 

O elemento da TVI, apresentou alguns dados sobre a estratégia da TVI e alguns números que demonstram, que apesar de tudo, a TV ainda é um meio com força, apesar do novo cenário Multi-screen ou a "Realidade dos 4 ecrãs" como referiu o João Paulo Luz, na sua apresentação. Sobre a TVI, houve ainda oportunidade para destacar a força na Web Social, sobretudo por causa da influência (Euronews Trends) de um certo programa que está a ser transmitido neste momento e as figuras do canal, que marcam presença nas redes sociais. Abordou-se ainda o lado comercial do canal e que retorno podem ter as marcas, ao surgir nos ecrãs da TVI. Questionei no Twitter, mesmo assim, se vocês promoviam a vossa marca na TVI?

 

 

Evento Google House

 

 

As apresentações seguintes não acrescentaram muito aos conceitos já conhecidos por muitos como aqueles que abordei no tópico do YouTube e houve claramente um denominador comum: A co-existência de vários ecrãs e como deve ser elaborada uma estratégia para existir complementaridade entre eles.

 

 

O debate com todos os oradores deste segmento terminou com uma pergunta bombástica e que gerou alguma discussão (saudável, claro): "Para que serve todas as métricas de análise de uma campanha, se o que determina o sucesso de uma campanha são os números de vendas?"

 

 

Obviamente que a resposta não é assim tão linear. Há campanhas que resultados imediatos e há outras iniciativas com uma estratégia distinta, que podem gerar vendas ao longo do tempo e num período mais prolongado. Os oradores defenderam-se muito bem, nomeadamente a responsável de comunicação da Optimus, Sandra Mota e a moderadora deste segmento, Inês de la Mata, Industry Head do Google Portugal.

 

 

Depois de um belíssimo almoço, também servido no restaurante do Museu do Oriente, passamos para o segmento "Social & Mobile" com destaque para o Google+, apresentado pelo Bernardo Correia, Industry Head FMCG do Google UK. Num tom humorístico ele deu a escolher: Keynote e slides ou Live Demo? A escolha foi óbvia: Live Demo. E com recurso ao browser (o Chrome, claro), o Bernardo Correia explicou o que distingue o Google+ das restantes redes sociais e que essas redes encontram-se num sistema quebrado. Ele foi mais longe e referiu que o Google+ é uma espécie de Google 2.0 e que o Google deseja que todos os produtos Google se tornem sociais, precisamente com recurso a estrutura do Google+. Concluiu este ideia com a frase: "Social makes Google Better." Por isso, ele demonstrou a importância de uma pesquisa em que o Google nos conhece e atribui uma determinada relevância e uma pesquisa "anónima" em que os resultados podem ser menos relevantes para o utilizador.

 

 

O Bernardo Correia não deixou de destacar alguns elementos diferenciadores no Google+, face à concorrência. Por isso, falou da importância que o Hangouts tem tido, mesmo nos Mass Media e a excelente comunidade de fotografia, que se juntou ao Google+.

 

 


Link do Vídeo

 

 

Seguiu-se Carlos Paulo, Industry Head do Google Portugal, que abordou temáticas que eu já conhecia, na minha presença no Google House em Maio. Começou por analisar o mercado mobile em Portugal e a taxa de utilização de smartphones e o que estava por detrás da diferença da taxa de utilização entre Portugal (cerca de 20%) e Espanha (cerca de 40%), por exemplo. Carlos Paulo avança com a teoria que esta diferença tem origem nas políticas de subsidiação de smarphones e isso tem impacto nos números de utilizadores. Nos tablets, não é exactamente assim. Carlos Paulo explicou que o motivo é o mesmo, mas ao contrário. Como não há uma dependência dos operadores móveis, os números são mais positivos.

 

 

Mesmo assim, estima-se que em 2013, o número de smartphones em Portugal será cerca de 51% dos telemóveis no país. Dadas as circunstâncias e a influência negativa dos operadores, sinceramente não acredito nesse número. Há potencial...mas chegaremos lá em 2013?

 

 


Link do Vídeo

 

 

Foi ainda referido que 25% dos utilizadores afirma que abdicaria da TV antes de abdicar do smartphone. No Twitter, gerou-se alguma discussão. Entre os 4 ecrãs referidos no segmento da manhã, qual era a ordem?

 

 

Não sendo um utilizador com perfil para tablets e considerando a capacidade de criar conteúdo, eu seguiria este ordem: 1º TV, 2º Tablet, 3º Smartphone e 4º computador.

Escolhiam a mesma ordem? Escolhiam outra? Qual?

 

 

De qualquer forma, após a compra dos smartphones, qual é a sua utilização? Chegou-se rapidamente à conclusão que há uma percentagem elevada de utilizadores que não têm o GPS ligado ou o 3G ligado, amputando a experiência de utilização de um smartphone. Alguém no público avançou que teria a ver com privacidade. Eu diria que o problema está novamente nos operadores, nos tarifários comercializados e nos limites que são impostos.

 

 

Evento Google House

 

 

A apresentação prosseguiu com algumas dicas como o nosso site, deve ser compatibilizado para Mobile o quanto antes. Podem utilizar o site howtogomo.com para obter algumas dúvidas e percebem o que poderão fazer para realizar esta conversão.

 

 


Link do Vídeo

 

 

O programa prosseguiu com a presença do Secretário de Estado da Inovação, o Engº. Carlos Oliveira, que teve uma presença relâmpago e limitou a deixar um discurso vazio de conteúdo onde impera a frase: "Em breve, vamos lançar um programa." Foi um discurso cheio palavras chave (Exportações, Startups, Potencial de crescimento, Agenda Digital, Empreendedorismo, etc), que estão na moda, mas não resultam junto de um público como aquele que estava no evento de hoje e já não enchia a sala, no momento em que o Secretário de Estado esteve presente.

 

 

O último segmento tinha como tema as "Exportações" e como o Google poderá ser um parceiro fundamental na internacionalização de um negócio de uma empresa. A apresentação liderada por Fedor Babkin e Marina Brun demonstrou que ferramentas do Google poderão ajudar no processo de expansão e "Must go Global" e que os países BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), podem e devem ser uma oportunidade, uma vez que apresentam cerca de 285 milhões de potenciais compradores online.

 

 

Vamos então deixar aqui alguns links de algumas ferramentas ou sites que foram apresentados. Confesso, de repente, olhei para o Google Translate, não como uma ferramenta de tradução, mas uma ferramenta de apoio às exportações.

 

 

- Google (Translate) Global Market Finder: translate.google.com/globalmarketfinder

 

- Google Consumer Barometer: consumerbarometer.com

 

- Think with Google (repositório mais genérico do que foi apresentado no evento): thinkwithgoogle.com

 

 

O evento terminou com a apresentação e debate de casos de sucesso, com a presença de representantes do Unicer (com presenças na Europa e África e junto das comunidades portuguesas), YDreams (com experiência em Realidade aumentada e com uma representação interessante no Brasil) e VivaFit (que após um erro assumido em Espanha, decidiu partir para os mercados Asiáticos). Uma vez que aquelas empresas, no seu processo de internacionalização, criaram representações físicas nos países para onde se expandiram, Paulo Barreto lançou um desafio a todas as empresas que contactem o Google, para expandir o seu negócio a partir de Portugal e exclusivamente online. O Google tem todo o interesse em se tornar parceiro dessas empresas. Infelizmente, conhece um ou outro caso e lamenta profundamente que não se aproveite uma plaforma como o Google, para chegar ao maior número de mercados possível.

 

 

Realmente, esse desafio do Paulo Barreto deixou-me a pensar...

 

 

Evento Google House

Evento Google House

19.10.12
Evento Google House

 

 

No próximo dia 25 de Outubro, realiza-se no Museu do Oriente, em Lisboa, mais um Evento Google House. Trata-se de um evento reservado a convidados e clientes do Google, onde serão abordados 3 temas chave:

 

TV+

Neste segmento, teremos uma apresentação dedicada ao Video Advertising: Past, Present and Future, apresentado por Grégory Blay-Desforges do Google France e um debate sobre a Era do Multi-screen.

 

 

Mobile & Social

"Branding in a Social World" e "Mobile Opportunities with Google" serão os temas abordados no segundo segmento, com elementos do Google UK e Portugal.

 

 

Export

Na última parte, terá a presença do Secretário de Estado da Inovação, o Engº. Carlos Oliveira, seguido da apresentação "Think Export with Google" e ainda um debate sobre as exportações em Portugal.

 

 

Para quem não se recorda, em Maio tive oportunidade de marcar presença na Estação do Rossio, noutro Evento Google House. No meu caso, marquei presença num evento dedicado ao AdWords e as oportunidades do AdWords num ambiente Mobile. Mas o evento foi muito mais do que isso. O vídeo que se segue mostra isso mesmo.

 

 


Link do Vídeo