Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

iPhil

iPhil

O que esperar da CES 2015

05.01.15
O que esperar da CES 2015

 

Como é habitual, no início de cada ano, logo na primeira semana, começa em Las Vegas a CES ou International CES, como a organização deseja que seja identificada a maior exposição de tecnologia do mundo.

 

A edição de 2014, ficou marcada pela forte presença da indústria automóvel, dos wearables e das televisões 4K, confirmando o fim do 3D. Como será então a CES 2015?

 

Em jeito de "preview", posso dizer com alguma segurança, que a indústria automóvel veio para ficar na CES, seja através da nova tecnologia aplicada aos motores híbridos e recuperação de energia (como podemos ver nas "power units" V6 híbridos na F1), quer através dos veículos com novos sistemas de segurança e condução automática, sem recurso a condutor. No ano passado, várias marcas já fizeram apresentações bem interessantes. Este ano, um rumor (já não é exactamente um rumor) aponta que a Audi transportará jornalistas dos respectivos hóteis para os locais onde se realiza a CES, recorrendo ao Audi A7 sem condutor. Recordo que o percurso implica percorrer um trajecto real em plena Las Vegas, cidade onde se realiza o evento.

 

Estou igualmente curioso com os sistemas Apple Carplay e Google Android Auto que serão lançados, não só com os novos modelos, mas para os modelos mais antigos. Parece que uma das marcas há mais tempo no mercado com produtos que tentam levar o séc. XXI para os automóveis, a Parrot, vai anunciar uma muito aguardada actualização do seu sistema Asteroid, até aqui, apenas disponível com o sistema Android 2.3. Segundo o The Verge, o novo sistema será compatível com os sistemas Apple e Google, sendo a sua "killer feature".

 

Mas haverá muito mais para ver na CES 2015. Com certeza que teremos muitos relógios e wearables, uma vez que ainda nos encontramos no período em que a Apple já apresentou o Apple Watch, mas ainda não anunciou a sua data de lançamento e gama de preços para os diversos modelos. Com este cenário, todos os concorrentes, "em desespero", vão tentar apresentar os seus modelos ou os modelos actualizados das marcas que já marcavam presença no mercado, como o Pebble.

 

As últimas versões do iOS e Android apresentam SDKs de desenvolvimento para dispositivos de "home automation", mas a indústria pouco ou nada apresentou desde a apresentação das SDKs. Será na CES 2015 que veremos toda uma gama e variedade de produtos dedicados a essa área de negócio?

 

4K? 8K? Standard para o 4K? Julgo que no universo dos televisores veremos novos televisores e novas câmaras 8K. Mas convém fechar de uma vez por todas, a questão do formato standard para o 4K. De qualquer forma, a ausência de um standard e a difícil forma de distribuição (por causa da largura de banda e tamanho dos ficheiros), podem oferecer aos modelos Full HD/1080p, alguma margem de desenvolvimento, com um custo cada vez mais baixo, enquanto a indústria terá que tomar decisões em relação aos formatos seguintes.

 

As primeiras apresentações e keynotes, começam hoje mesmo, dia 5 de Janeiro, por volta da 17 horas, hora portuguesa. Tanto quanto possível, espero fazer alguns posts, que consigam resumir o que vai acontecer nos próximos dias em Las Vegas.

 

Quem quiser, pode ir acompanhando tudo o que vai acontecer em Las Vegas, através do The Verge - theverge.com/ces-2015.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.