Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

iPhil

iPhil

Fernando Pessoa - 13-06-1888

13.06.13
1Fernando Pessoa - 13-06-1888

 

Para além de ser dia de Santo António, hoje é o aniversário de Fernando Pessoa. E também para marcar o nº1 da Granta Portugal, deixo aqui um dos sonetos inéditos publicados pela Granta de Fernando Pessoa.

 

QUE POSSO EU DAR

 

Que posso eu dar ao teu destino? Nada.
Nem eu mesmo sou feito para dar.
Encontrei-me na curva de uma estrada
E esqueci-me da curva e do logar.

 

Se havias de mandar no meu andar,
Saberias a hora da chegada,
Nem tudo fica, como o chão, na estrada
E não há mais que ver ou que buscar.

 

Perfeitamente conhecedor d'isto,
O juizo humano em minha companhia
Não descobre a visão de que consisto,

 

E entre visões, aliás, a gloria passa
Como a última saudade que há no dia
E o último sonho, e a última desgraça.

 

 

Que pontaria de soneto, hein?