Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

iPhil

iPhil

To the Future & Beyond

23.01.15
To the Future & Beyond

 

Depois de muito reflectir, decidi dar o passo em frente, no que ao blog diz respeito. É só um blog, é certo, mas não foi uma decisão fácil.

 

Depois de algumas experiências na blogosfera e no podcasting, decidi criar a 1 de Janeiro de 2008, o novo iPhil, uma espécie de persona que transporto até hoje e que foi ficando um pouco menos anónima com o passar dos anos.

 

Apesar da conotação com o branding da Apple, a expressão é lata o suficiente para ser duradoura no tempo, uma vez que poderá significar apenas "Eu Phil".

 

Nos últimos anos, tenho ponderando dar uma nova vida ao blog ou à forma como me apresento digitalmente. Houve uma pequena experiência com o Wordpress, mas a experiência não me convenceu totalmente e a insistência da sempre simpática equipa dos Blogs do Sapo, fez-me regressar. Mas sempre senti que faltava qualquer coisa.

 

Olhava para outras plataformas... especialmente o Squarespace e mais recentemente, o Medium. Infelizmente, o tempo é pouco e os outros projectos que foi tendo ao longo dos anos, eram uma forma de testar outras plataformas, enquanto que o blog, mantinha-se no seu cantinho bem confortável nos Blogs do Sapo.

 

No dias que correm, o meu único projecto pessoal é o blog e a sua extensão nas redes sociais.

 

Olhei para o Medium, mas não é exactamente o que pretendo, uma vez que me parece uma versão com muitos mais caracteres do Twitter, com um UI/UX absolutamente espectacular. Mas não cumpre exactamente os meus objectivos.

 

O Squarespace sempre me deixou curioso. Mas a falta de projectos paralelos e sobretudo o seu preço, fizeram-me desistir do Squarespace.

 

Perante esta impasse... devia ficar nos Blogs do Sapo ou seguir outro caminho completamente diferente?

 

Os Blogs do Sapo, apresentaram um refresh à plataforma, mas o "core" é o mesmo. Quis acreditar que ainda havia uma hipótese. Estão a seguir o caminho certo, mas faltará mais qualquer coisa... eventualmente a adopção de uma nova plataforma será o caminho a seguir... até lá, será um caminho que não farei com Sapo. Eu sei... é só um blog, mas a minha ligação aos Blogs do Sapo é muito anterior a este blog. Foi uma jornada fantástica com... e agora que penso nisso, com aproximadamente 10 anos. É muito tempo. Aconteceu muita coisa.

 

Uma coisa é certa... vão continuar a levar comigo! E pouco ou nada vão ter que fazer desse lado, para que isso aconteça. Mas existem algumas novidades.

 

A primeira novidade foi a escolha da plataforma que se segue no percurso deste blog e que incidiu sobre o Tumblr. Talvez por influência da Rafaela Mota Lemos, que me picou para começar a utilizar o Tumblr ou pelo facto de se tratar de uma startup de Nova Iorque (há poucos meses, vi um post, que não consigo descobrir, fotos absolutamente brutais da sua sede em NYC)... não sei bem. Uma coisa é certa... colocou o Tumblr no meu radar.

 

A outra novidade é o domínio. Quando registei o domínio .com.pt, tentei naturalmente registar primeiro o endereço iphil.pt. O endereço .com é completamente impossível e por isso, virei-me para os domínios nacionais. Afinal, era uma forma de ser um pouco diferente. A esmagadora maioria opta pelos subdomínios dos serviços de blogs e CMSs ou regista um endereço .com. Entretanto, as regras mudaram um pouco e na primeira oportunidade reservei o endereço iphil.pt, mas ficou-se sempre como um endereço de redirect.

 

A partir de hoje, é oficialmente o endereço de topo, ficando o domínio iphil.com.pt, como endereço de redirect. Portanto, iPhil.pt é o endereço que importa registar.

 

E este blog... o que acontecerá? A resposta é fácil... nada! Servirá de arquivo até o Sapo decidir dar-lhe um destino, daqui a muitos anos, claro. Isto, porque neste processo, descobri o primeiro defeito do Tumblr, que é não permitir a importação de posts e conteúdos.

 

Numa situação normal, era suficiente para desistir. Mas este também é um momento para uma espécie de "fresh start". E assim será... começar do zero.

 

Quanto aos feeds, social media e afins? Tudo igual! Nada muda. Aliás... vou aproveitar esta oportunidade para ter o IFTTT como parceiro, na difusão e distribuição dos conteúdos. Dos primeiros testes que fiz, tem imenso potencial para oferecer conteúdos mais interessantes no que diz respeito à partilha nas redes sociais. Até aqui utilizava o dlvr.it.

 

Dito isto... está na hora de partir... vemo-nos por aí.

Creative Commons License CC | 2008-2014 iPhil

2 comentários

Comentar post